04
jun
07

A controvertida matéria do Jornal Laboratório

Eu gostaria de aproveitar o espaço para fazer uma crítica a uma matéria do Jornal Laboratório (intitulado Imprensando) do 4º ano noturno, escrita por Jean Delefrati intitulada “A Controversa Luta dos Estudantes”. Gostaria de fazer críticas referentes tanto à forma quanto ao conteúdo.

 

De forma simples, a minha opinião é de que a matéria é tecnicamente ruim. Me reservo ao direito de fazer tal julgamento independente de não ser um jornalista e nem um estudante de jornalismo. Aceitem ou não eu tanto tenho direito a ter essa opinião quanto tenho razões para tal, que serão devidamente expostas logo abaixo.

 

Quando nos perguntamos qual é a relação entre a matéria e o título, logo percebemos que a intenção é a de evidenciar a diversidade de opiniões acerca do que poderíamos chamar de “Movimento Estudantil” na UEL. Isso explica, por exemplo, tanto as primeiras linhas quanto as opiniões que foram apresentadas. Entretanto, percebam, e gostaria que soubessem, que a matéria inteira foi feita a partir de uma entrevista feita através do Orkut e, no caso da matéria menor, ao lado, através de um questionário via e-mail.

 

No Orkut temos pessoas que, além de não fazerem a mínima questão de se informar acerca do Movimento Estudantil da UEL, não participarem, e também não apoiarem, pelo contrário, fazem questão de se aproveitar do espaço da Internet, onde todos sabemos que as pessoas se sentem mais livres para fazer o que não fariam pessoalmente, para criticar. E fazem isto mesmo sem buscarem o mínimo de informações assim como de forma preconceituosa, ou seja, sem o mínimo de consideração. Por isso, na minha opinião, foi uma atitude bastante cômoda e pouco recomendável da parte desse estudante de jornalismo, buscar escrever uma matéria acerca do Movimento Estudantil se baseando tão somente em pesquisas através da Internet, ainda mais publicando comentários preconceituosas (em uma parte da matéria ele escreve a opinião de um estudante, que não se identifica, e que afirma que “as pessoas usam o movimento como desculpa para matar aula e fumar maconha”).

 

Eu mesmo não vi esse estudante em nenhuma Assembléia assim como não o vi em nenhuma manifestação.

 

Quanto ao conteúdo, eu fico impressionado com o sem número de erros cometidos por esse estudante. Primeiro que eu não faço Ciências Contábeis, como está escrito, e sim Ciências Econômicas. Segundo que a ocupação da reitoria não foi no começo deste ano, e sim perto do fim do ano passado. Terceiro, talvez na época em que eu havia respondido o autor eu ainda fosse filiado ao P-Sol, entretanto, não o sou mais, P-Sol significa “Partido Socialismo e Liberdade” (e não Partido da Solidariedade) e a afirmação de que há outros militantes ligados a CAs que também são filiados ao P-Sol é improcedente.

 

Por último gostaria de expor que, se algum estudante de Jornalismo estiver afim de escrever acerca do Movimento Estudantil, o que é bem vindo, eu me coloco à disposição para quaisquer esclarecimentos que se fizerem necessários. Minha posição particular é a de que é fundamental para o movimento a veiculação de suas lutas, propostas e discussões através de todos os meios possíveis, e que, por causa disso, a participação de estudantes de Jornalismo é fundamental.

Anúncios

1 Response to “A controvertida matéria do Jornal Laboratório”



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: